I FESTIVAL DO CORPO RITUAL – MÍMICA, CLOWN E O ESSENCIAL

De uma necessidade de reciclagem no trabalho de ator do Grupo Sonhus Teatro Ritaul, surge o desejo de aprender com grandes artistas. De uma necessidade social, surge a responsabilidade de repartir esse aprendizado coletivamente. Através de uma Lei surge uma possibilidade. De grandes empresas surgem os recursos. Com muito suor e trabalho, do sonho vai surgindo a realidade. Com muita sensibilidade e boa vontade de grandes artistas, amigos e parceiros surge um Festival. Eis que nasce o Festival do Corpo Ritual!

O Festival do Corpo Ritual veio contribuir no processo de investigação artística no trabalho do ator. Em especial nas pesquisas onde o corpo e a produção de energia são o foco da investigação. Que buscam no corpo do ator um estado de presença extra-cotidiano, dilatado, poético, de afirmação da própria identidade, de resistência social, com verdade artística e humana, um corpo em estado xamãnico, com poder transformador tanto na vida do artista quanto na do público, um corpo que chamamos Corpo Ritual. Um corpo que materializa e transmite toda essa essência ritualística, que para nós significa estar inteiramente envolvido, de corpo e alma, com aquilo que se está fazendo. Num ato total, segundo Grotowski, onde o ator vem a ser uma espécie de provocação para o espectador, um ato de total transformação orgânica e física verdadeira do corpo humano.

< Voltar